TOPO Header Ads

Operação Bloodhound prende dois homens preventivamente e duas mulheres em flagrante em Tupanciretã

Na manhã de terça-feira (24), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Tupanciretã, deflagrou a Operação Bloodhound, no combate aos crimes de tráfico de drogas e homicídio em Tupanciretã. Na ação, dois homens foram presos preventivamente por homicídio ocorrido no dia 1 de setembro, quando a dupla efetuou três disparos de arma de fogo contra a vítima, em razão de dívidas da compra de drogas. Durante o cumprimento de mandado de busca e apreensão no bairro Gaúcho, em Tupanciretã, duas mulheres foram presas em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

De acordo com o delegado Adriano De Rossi, foram apreendidas porções de maconha, crack e cocaína. "Também foram localizados 140 pinos vazios que seriam preenchidos com entorpecentes, caderno com anotações do tráfico, 35 munições calibre .38, dois revólveres calibre .38, cerca de R$200 em espécie, R$575,00 em dinheiro falso e uma motocicleta. Os dois presos são naturais de Viamão. Um deles possui antecedentes por roubo majorado, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e porte ilegal de arma de fogo de uso permitido", relatou o delegado.

"Uma das presas em flagrante é natural de Tupanciretã, possuindo antecedentes por receptação e a segunda presa é natural de Porto Alegre com antecedentes por injuria e vias de fato, chegando no município neste final de semana para ajudar na venda de drogas. Os homens presos preventivamente também responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma de fogo de uso restrito", concluiu De Rossi.

A Operação contou com o apoio das Delegacias de Polícia de Júlio de Castilhos, Pinhal Grande, 3ª e 4ª Delegacias de Santa Maria e da Delegacia de Proteção da Criança e do Adolescente de Santa Maria.


Fonte e Foto: Polícia Civil RS
Matheus Lima
Jorge Felipe
Tecnologia do Blogger.