TOPO Header Ads

Frequentes delitos preocupam a comunidade castilhense

Assaltos, arrombamento... têm causado preocupação na comunidade de Júlio de Castilhos.

Nos últimos dias alguns fatos vêm tirando o sossego da comunidade castilhense que já se sente atrás das grades dentro de sua própria casa.

O comércio, um dos principais geradores de empregos no município, já está de “cabelo em pé” com a situação.

Uma loja teve a vitrine quebrada; esta semana, um posto de combustível foi alvo de assalto; na tarde de quinta-feira, 22, a Empresa Habitasul, na Avenida Pinheiro Machado também recebeu uma visita onde houve disparo de arma de fogo (Informações preliminares dão conta que ninguém ficou ferido).

O que teria que ser feito para evitar estas situações em uma cidade tão pequena que nem Júlio de Castilhos?

Será que a solução seria buscar mais efetivo policial; trabalhar geração de emprego e renda; ações culturais; construção de presídios; dedicar maior valor para a educação e a formação de mão de obra qualificada abrindo uma negociação para vinda de empresas geradora de empregos; Será que este povo que está realizando tais delitos são da própria cidade...?

São vários questionamentos que a comunidade vem fazendo que leva para outra pergunta: Seria hora das forças vivas do município sentar e dialogar sobre o assunto?

Fica aqui a preocupação, quanto comunidade, sobre o que poderá ser feito para que se chegue a uma solução destes problemas na comunidade castilhense.


Foto: Ilustrativa
Tecnologia do Blogger.