TOPO Header Ads

Estado obtém do governo federal R$ 50 milhões para equipar Hospital Regional de Santa Maria

O Estado obteve na sexta-feira (3/5) a confirmação da liberação, por parte do governo federal, de R$ 50 milhões para equipar o Hospital Regional de Santa Maria. O valor contempla projeto entregue em mãos ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pela secretária da Saúde, Arita Bergmann.

A titular da pasta lidera uma força-tarefa formada por prefeitos e secretários municipais de Saúde da Região Central com o objetivo de buscar uma saída para o Hospital Regional. A exemplo da secretária, o prefeito de Santa Maria, Jorge Pozzobom, também esteve em Brasília reforçando o pedido no Ministério da Saúde.

Arita comemorou a notícia que reforça a esperança da secretária em modificar a atual situação do Regional, que hoje funciona apenas como um ambulatório. "Temos um desafio de fazer com que o Regional funcione como um hospital e vamos fazer de tudo que estiver ao nosso alcance para que esse projeto se concretize na nossa gestão", acrescentou.

O projeto preliminar apresentado ao Ministério da Saúde prevê investimento de R$ 72 milhões em equipamentos e um custeio mensal aproximado de R$ 8 milhões.

As projeções foram feitas para 130 leitos hospitalares nas seguintes especialidades: cardiologia, neurologia e traumatologia. Essas foram as prioridades elencadas pelo Estado em conjunto com as lideranças da região e gestores da Fundação Universitária de Cardiologia (FUC).

Instituição contratada pelo Estado para gerir o hospital, a FUC elaborou o estudo técnico preliminar para estimar os custos para equipar e colocar o Regional em funcionamento. Estado e municípios estão engajados em captar na esfera federal os recursos necessários para que o Hospital Regional de Santa Maria atenda a comunidade da Região Central.

O valor liberado pelo governo federal destina-se a equipar Centro Cirúrgico, UTI, Unidade de Internação, Reabilitação, Nutrição, Ambulatório, Diagnóstico por Imagem, Lavanderia e Laboratório, entre outros serviços do Regional. A próxima etapa agora é a elaboração de um Plano de Trabalho.


Foto: SES / Arquivo
Texto: Marcelo Ermel/Ascom SES
Edição: Marcelo Flach/Secom
Tecnologia do Blogger.