TOPO Header Ads

Estado - Árbitro de futsal é agredido durante jogo em Campo Bom e está internado em coma


O árbitro de futsal Sérgio Luís Santos, 53 anos, foi agredido enquanto apitava uma partida em Campo Bom, no dia 5 de setembro, e está há nove dias em coma no Hospital de Pronto Socorro de Canoas. Após expulsar um dos atletas, o juiz foi vítima de um soco e, na queda, bateu com a cabeça no chão, causando traumatismo craniano. Santos está internado em estado grave.

O jogo, realizado no Ginásio Municipal de Campo Bom, era válido pela Divisão de Acesso do Campeonato Municipal de Futsal, organizado pela prefeitura da cidade. Um inquérito foi instaurado pela Polícia Civil para apurar o episódio. O suspeito de praticar a agressão deverá ser interrogado na próxima semana.

— Foi registrado um Boletim de Ocorrência por lesão corporal grave. A vítima já entrou no hospital em coma. Está instaurado um inquérito policial para ver o que de fato aconteceu neste episódio. Estamos apurando, ouvindo testemunhas e vamos ouvir o autor da agressão. A vítima teria expulsado o atleta, que é o suspeito de ter praticado o ato. Ele (o atleta) não se conformou e acabou agredindo a vítima com um soco no queixo, o que veio a ocasionar a queda do Sérgio. Agora, a gente vai apurar a causa da lesão. Provavelmente foi a queda, a batida no piso. Nós solicitamos ao hospital o prontuário médico para ver o tipo de lesão — explica o delegado Clóvis Nei da Silva, titular da Delegacia de Polícia de Campo Bom, responsável pelo caso.

O filho do árbitro, Diego Luís da Silva, deu mais detalhes sobre a agressão.
— Ele (Sérgio) expulsou um cara de um dos times. Esse cara não gostou da expulsão, partiu para agressão e deu um soco nele. Neste soco, ele já caiu desacordado no chão. 

Resultou em traumatismo craniano e praticamente deformou o rosto dele — relata Diego.
Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Canoas, onde Sérgio Luís Santos está internado, o paciente "está na UTI e o caso é considerado grave. Ele foi entubado na manhã desta sexta-feira e apresenta leve melhora no quadro. Ele deu entrada no hospital com diversas lesões, sobretudo no tórax e na cabeça, por agressão", diz o comunicado.

A Polícia Civil decidiu não informar o nome do suspeito de cometer a agressão pelo fato de o atleta não ter sido formalmente indiciado até este momento.



Fonte: Rádio tapejara/ClicRBS
Tecnologia do Blogger.