TOPO Header Ads

Clima - Mais de 200 famílias foram atingidas por granizo e ventania no Rio Grande do Sul

Coronel Bicaco: Foto Observador Regional/Divulgação

Mais de 200 famílias foram atingidas pelos temporais com chuva de granizo desta sexta-feira (24) no Norte e Noroeste do Rio Grande do Sul. Neste sábado (25), moradores aproveitaram o dia ensolarado para limpar as casas e tentar reconstruir o que podiam.

Só em São Pedro das Missões, município com cerca de 2 mil habitantes, por volta de 60 casas sofreram estragos devido à chuva de granizo. As lavouras também foram atingidas. A prefeitura estima prejuízo inicial de R$ 1,5 milhão, e decretou situação de emergência.

"Emergencialmente vamos disponibilizar de R$ 15 mil a 20 mil pelo município para a aquisição de telhas pra serem recolocadas", afirma o prefeito de São Pedro das Missões, Antônio Ferreira da Silva.

No dia seguinte, a Defesa Civil realizou um levantamento dos estragos. "Pelo que vimos, está muito parecido com dano decorrente de um tornado, um vendaval muito forte juntamente com granizo. Principalmente na localidade da Linha Brizola, em que estávamos, há uma característica de possível tornado", diz o coordenador regional da Defesa Civil, major Carlos Alberto Aguiar.

No ponto mais alto do município, é possível perceber a quantidade de estragos. Um armazém de grãos ficou parcialmente destruído, árvores foram arrancadas, postes caíram e até uma torre de 90 metros de altura foi ao chão.

"Só vi aquele vento forte quando veio de cima. Quando eu abri a janela, não deu mais tempo, ela abriu com tudo, bateu. Quando eu tentei sair na porta, tentei abrir a porta, já caiu com tudo", conta a dona de casa Marilda Souza dos Santos Brizola.

A dona de casa Roselaine de Mattos conta que também teve a residência atingida pela ventania e pelo granizo. "Corremos para onde não atingiu, e escapamos para o lado da cozinha, que não deu muito vento", relata.

Também houve estragos nas cidades vizinhas São José das Missões, Campo Novo e Novo Barreiro. Coronel Bicaco deve decretar situação de emergência na semana que vem.

A chuva e a queda de granizo vieram acompanhadas de ventania. Na sexta-feira, na Serra, as rajadas passaram dos 80 km/h, em Bento Gonçalves. Neste sábado, em Santa Vitória do Palmar, no Sul do estado, o vento chegou a 85,7 km/h.

Temporal de sexta
Na sexta-feira, em Campo Novo a queda de granizo teve início por volta das 14h, e cerca de 20 casas foram danificadas. A prefeitura e entidades sociais prestaram atendimento a moradores.

No mesmo horário, também choveu granizo em Coronel Bicaco. O fenômeno durou cerca de cinco minutos, e as pedras de gelo se acumularam sobre as calçadas da cidade. Os estragos ainda são avaliados.

Em Erechim, o temporal chegou por volta das 16h. Os bombeiros receberam chamados sobre quedas de galhos de árvores e de fios elétricos em alguns locais.

Uma árvore caiu com a força do vento na Praça Daltro Filho, no Centro da cidade. Os galhos atingiram dois carros. O trânsito ficou em meia pista no local, aguardando os responsáveis para retirada. Ninguém ficou ferido.

No bairro Três Vendas, a força do vento quebrou vidros e portas de uma agência bancária. Os estilhaços atingiram dois carros estacionados em frente ao estabelecimento.



Fonte: G1/RS

Nenhum comentário

O Site DeTudoNaNet não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado. Obrigado

Tecnologia do Blogger.