TOPO Header Ads

Rajadas de vento sempre preocupam e o que dizer para não ficar com trauma?

A manhã desta segunda-feira, 11, por volta das 11h da manhã, muitas pessoas da comunidade castilhense manifestaram preocupações com as rajadas de vento vindas do lado norte da cidade.

Júlio de Castilhos já foi atingido por temporal em outras épocas, a exemplo de outubro de 2017, quando um vendaval causou prejuízos na região.

Um assunto, que a reportagem do Site de Notícias De Tudo Na Net tem ouvido seguidamente vem de crianças que literalmente tremem quando o tempo se prepara para chuva e questionam pais e pessoas conhecidas o que pode ser feito para que não aconteça temporal, a maioria destes jovens já vivenciaram as más condições climáticas de anos anteriores.

Com certeza é um problema para que, principalmente pais, busquem orientação de causas destes temporais e o que pode ser feito para se prevenir, pois na educação de uma criança precisamos dar respostas, orientá-las corretamente em todos os aspectos no dia a dia, ou se criam pessoas amedrontadas e capazes de produzir as mesmas causas que nosso planeta hoje enfrenta.

Se a criança fica atemorizada quando o vento começa a soprar fortemente ou soam os primeiros trovões, a melhor forma para que não fique angustiada é tentar distraí-la com as suas atividades preferidas.

Se gosta de ouvir música, esta é um ótimo meio para “encobrir e abafar” os sons da tempestade. Jogar à bola, jogar às escondidas ou até comer o seu doce preferido podem ser formas de manter a criança distraída.

De qualquer modo, é também bom falar-lhe sobre os benefícios da chuva, como as ruas ficarem limpinhas, as flores poderem beber toda a água que necessitam, e nas vantagens de encher os rios para se poder andar de barco nas férias.

Podem também falar-lhes do vento e das suas vantagens para levantar o seu papagaio de papel, para fazer andar os moinhos ou até para afastar as nuvens escuras.

Quando as más condições meteorológicas preveem tempo de tormenta, mesmo que os adultos – pai ou mãe – também sintam receio, nunca o devem demonstrar em frente da criança.

A atitude dos adultos e a segurança que demonstram perante uma intempérie é da máxima importância para o bem-estar da criança.

Caso for necessário não deixe de procurar um profissional para a superação de traumas.

Para concluir, estas rajadas não foram de grande intensidade, mas o barulho já está na memória das pessoas, o que traz maior preocupação. O vento continuou no período da tarde, (até a publicação deste conteúdo, 14h) com menor intensidade do que por volta das 11h da manhã.



Edição e foto Caio Portela/Especial De Tudo Na Net
Com informações do Portal ABC do Bebê

Nenhum comentário

O Site DeTudoNaNet não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado. Obrigado

Tecnologia do Blogger.