TOPO Header Ads

Jesus como projeto de libertação. Por Wilian Molina Bento

       ‘’Eu não sei de quem você é discípulo, Eu sou discípulo de um prisioneiro político.’’ - Frei Betto.
       Ele abraçou o pobre, acolheu a prostituta, cuidou dos menores perante a sociedade porque a partir disso, dessa construção de migalha em migalha se cumpria a promessa do Pai: A civilização do Amor.
     Jesus foi condenado, torturado e morto na cruz, porque ele lutou contra as correntes da opressão de sua época, lutou contra políticas de exclusão, pois acreditava na profecia e se tornou mártir para que ela se cumprisse. Com parábolas e histórias, conseguia cativar o povo e o politizar e lutar contra as injustiças, para que enfim se constituísse a LIBERTAÇÃO.
      Jesus não é nada além disso, um prisioneiro político que foi morto e crucificado por lutar a favor de seu povo em busca da libertação das amarras do sistema de sua época. Jesus é um projeto de libertação!


Por: Wilian Molina Bento Acadêmico de História – Licenciatura/ UFSM Coord. Arq. Pastoral da Juventude Militante do Coletivo Para Todos


Wilian é colaborador/colunista do Portal DeTudoNaNet
Tecnologia do Blogger.