TOPO Header Ads

Acesse e deixe o pessimismo de lado


Ele está tão presente e é tão comum no dia a dia que muitas vezes mal notamos, mas basta analisar frases como as seguintes, para perceber o pessimismo em ação:
Chuva de novo! Não aguento mais isso!
Esse cara não sabe dirigir, olha isso!
Se o Brasil tivesse um governo decente isso não seria assim!
Trabalho, trabalho e mais trabalho, sou um escravo!

Comentários cheios de ironia ou sarcasmo, suspiros de má vontade, olhares desanimados, conversas em tom rude, pessoas irritadas esbravejando no trânsito, gritos substituindo a doce comunicação que deveria exisitir nos lares. Todas essas coisas são manifestações de pessimismo. “Se olharmos ao nosso redor, há uma centena de razões para não sermos felizes, e é muito fácil colocar a culpa de nossa infelicidade nas coisas que faltam na vida. Não é preciso nenhum talento para encontrá-las, o problema é que quanto mais nos concentramos nas coisas que não temos, mais infelizes e ressentidos nos tornamos.”

Seguem 5 dicas para eliminar o pessimismo de sua vida:
1. Exercite a gratidão
Liste as coisas boas que já tem, seja sincero ao dizer obrigado(a) e o faça com frequência. A gratidão é a memória do coração.
2. Pense em soluções
Quando sentir vontade de reclamar de algo, refreie o impulso e substitua-o por um pensamento inteligente e produtivo: Como posso resolver ou melhorar isso? Aja ao invés de murmurar.
Treine o positivismo
Falar coisas boas, sorrir e ter bom humor é uma questão de hábito. Se você decidir irradiar influência positiva pode fazê-lo a qualquer momento, não é um dom concedido no nascimento, trata-se de algo desenvolvido!
4. Ache o bem nas pessoas
É muito fácil pensar mal dos outros e deduzir inverdades julgando pelas aparências, mas vale a pena controlar essa tendência e procurar as qualidades. Conceda às pessoas o benefício da dúvida, afinal você não sabe realmente o que acontece com todos e como se sentem, se não tiver algo bom para dizer, é melhor não dizer nada.
5. Não guarde rancor
Nossos pensamentos, gestos, atitudes e palavras são como sementes - cada um planta as suas, então, caso eu decida dirigir palavras zangadas e ofensivas a outrem, ainda assim, elas estarão plantadas no meu jardim, não no dele! Se eu sinto raiva e amargura e insisto em não perdoar, isso pode até chegar ao quintal dessa pessoa como um arremesso de uma fruta podre, mas a árvore estará em meu território.

Por isso, é bom evitar tudo que seja negativo e cultivar apenas o que for belo e bom!




Fonte: Família.com.br
Foto ilustrativa/Google
Tecnologia do Blogger.