TOPO Header Ads

O Povo não quer somente eleições diretas, quer também um projeto popular. Por Wilian Molina Bento

O povo está convencido de que eleger um candidato que esteja ao lado da classe trabalhadora, já não é mais suficiente. Precisamos de um plano popular que atenda as necessidades da população brasileira, principalmente os mais pobres.

O momento político atual demonstra claramente que o país precisa de reformas de base para combater a desigualdade e promover o crescimento econômico no país, os movimentos sociais populares que compõe a Frente Brasil Popular, apresentam o Plano Popular de Emergência, esse plano contempla a todos os setores da sociedade brasileira, mostrando que o país pode voltar a ser reconhecido como um país que voltou a crescer econômico e socialmente e atende as necessidades do povo.

As reformas de base as quais o Plano apresenta, são quase as mesmas que João Goulart, apresentou e defendeu para a população em um comício na Central do Brasil em 1964, antes do Golpe Militar, esse plano será entregue para o próximo presidente ou presidenta da república, independentemente de partidos ou ideologias pois o que consta nesse projeto é a esperança dos brasileiros e brasileiras que sonham com um Brasil melhor.

As reformas colocadas e construídas por esse movimentos nos mostram que ainda há esperança para sairmos desse momento complexo, conturbador, reacionário e conservador, que defende interesses que não são para o bem nação. Aqui o link que contém maiores informações sobre as reformas que colocam o Brasil para frente!
O Brasil tem saída, e essa saída pode e deve ser construída pelo poder popular!


Texo: Wilian Molina Bento
Acadêmico do Curso de História – UFSM

Coord. Formação Política no Diretório Acadêmico Quilombo dos Palmares
Tecnologia do Blogger.