TOPO Header Ads

MAIS NOTÍCIAS DE JÚLIO DE CASTILHOS EM radiocidade1.com

25 agosto, 2017

Novo aplicativo de celular vai integrar professores, pais e alunos da rede do Estado

Representantes de 15 escolas estiveram reunidos na quarta-feira (23/8) na Secretaria de Estado da Educação (Seduc) para uma capacitação sobre o aplicativo Cortex, um sistema que informatiza dados e auxilia alunos, pais de estudantes, professores e diretores. As escolas fazem parte de um projeto piloto e, ainda esta semana, começam a trabalhar com a novidade.

“Esse período não será para que a empresa teste o software, e sim para que os professores e diretores confiram o quanto o sistema é eficiente para a comunidade escolar como um todo”, explicou o secretário Ronald Krummenauer.
Inteiramente gratuito, o sistema, neste momento, vai abranger cerca de 10 mil alunos. 

Ele possibilita que os professores, pelo aplicativo baixado no celular, façam a chamada de aula e registrem as avaliações individuais de alunos. Via online, eles poderão passar as informações para a diretoria (e até para a Seduc) e também aos pais dos alunos, que saberão se os filhos compareceram à escola.
Foto mostra como aparecerão as mensagens aos pais de alunos
Como funciona
Cada gestor recebe uma senha e login para poder ter acesso ao sistema. Pais interessados, mediante cadastro prévio, também recebem as informações no smartphone. “O sistema simplifica para os professores, permite acompanhamento aos pais de alunos e, aos gestores, possibilita acesso rápido a uma série de dados”, resume o responsável pelo sistema de desenvolvimento da Cortex, Gerson Azevedo.
O projeto vai até setembro de 2018. Neste período, segundo a empresa, professores e demais usuários do sistema serão consultados para aprimorar o aplicativo. As escolas escolhidas são de diversas regiões, o que, segundo os idealizadores, vai possibilitar a capacitação de dados de diferentes realidades.
"Tenho convicção de que o Estado que conseguir encontrar soluções para revigorar a educação vai ganhar muito em índice de desenvolvimento. Quero que este Estado seja o Rio Grande do Sul", finalizou o secretário.



POR RENATO GAVA
Foto: SEDUC