TOPO Header Ads

MAIS NOTÍCIAS DE JÚLIO DE CASTILHOS EM radiocidade1.com

02 agosto, 2017

Educação – CPERS publicou aprovação de Greve na rede estadual de Ensino

O 2º Núcleo do Cpers/Sindicato - Santa Maria publicou, na manhã de terça-feira, 01, em sua página na rede Social, uma nota comunicando sobre a greve motivada pelo parcelamento dos salários.

Confira a nota a baixo:
O 2º Núcleo do Cpers/Sindicato - Santa Maria, comunica que em Assembleia Geral, realizada hoje pela manhã, os professores e funcionários da Rede Estadual de Ensino decidiram entrar em greve, devido ao descaso do governo com o parcelamento de salários do funcionalismo, pelo 18° mês seguido.

Segue o calendário de atividades de mobilização do 2º Núcleo e Porto Alegre:
Dia 02/08 - 14h 30min, reunião do Conselho Regional, na sede do Núcleo (Rua Barão do Triunfo, 760). As escolas que não tiverem representante pedimos que enviem um professor ou funcionário para participar da reunião.

Dia 03/08 - 14h 30min - Assembleia Regional, na escola Olavo Bilac

Dia 04/08 - Assembleia Geral em Porto Alegre - já abrimos as listas de inscrição para os ônibus. Interessados entrar em contato com o Núcleo, informando nome completo, carteira de identidade e telefone celular para contato.
Contamos com a participação de todos.
Já na manhã de hoje, 02, o 2º Núcleo realizou outra publicação que trata dos critérios para o afastamento dos membros do magistério público Estadual e Servidores de Escola para participarem de atividades e eventos de cunho educacional ou sindical.
Confira a Nota, na integra, na reprodução a baixo:

" O CPERS/Sindicato, através do escritório Buchabqui e Pinheiro Machado, interpôs Mandado de Segurança Coletivo (Nº 02194045320178217000) contra a Ordem de Serviço Nº 05/2017, que trata dos critérios para o afastamento dos membros do magistério público estadual e servidores de escola para participarem de atividades e eventos de cunho educacional ou sindical.A medida foi interposta em face da clara violação a liberdade e autonomia sindicais.O Desembargador Eduardo Uhlein concedeu prazo de 72 horas, conforme Art. 22, § 2º, da Lei Nº 12.016/2009, para que a Procuradoria Geral do Estado se manifeste acerca do pedido.Desta forma, vamos aguardar o decurso do prazo concedido para que sejam fornecidas as informações solicitadas. No momento em que tivermos maiores informações, faremos a devida divulgação. "

Créditos: 2º Núcleo do Cpers/Sindicato - Santa Maria
Foto assembleia em Porto Alegre (01/08): Cpers/Reprodução Rede Social


No Portal do Estado uma nota, publicada no dia 1º/08, diz que o Governo garante medidas para evitar prejuízos à qualidade do ensino. Confira o texto na íntegra:

Governo garante medidas para evitar prejuízos à qualidade do ensino

Diante do agravamento da crise nas finanças públicas, o governo do Estado decidiu, nessa segunda-feira (31), suspender o pagamento da parcela da dívida com a União, neste mês, para utilizar os recursos em mais uma parte do pagamento dos salários dos servidores. É uma medida corajosa, mesmo diante dos riscos de bloqueio nos repasses federais para o Rio Grande do Sul e da inclusão do Estado em cadastros de inadimplência.

Nesta terça-feira (1º),  o governador José Ivo Sartori  e secretários estão em Brasília para tratar, mais uma vez, das questões financeiras estaduais. Ao mesmo tempo em que o governo demonstra todos os esforços possíveis para garantir o pagamento dos servidores e concluir o processo do Regime de Recuperação Fiscal do Estado junto à União, o Cpers Sindicato justifica o atraso nos salários como razão para anunciar uma greve que em nada contribui para solucionar os problemas do Rio Grande do Sul.

A população gaúcha já compreendeu a situação financeira do Estado e as medidas que o governo vem tomando em busca do reequilíbrio das contas públicas. Aos pais dos alunos da rede pública estadual, o governo do Estado garante que adotará todas as medidas que possam minimizar os prejuízos na qualidade de ensino dos estudantes.

Governo do Estado do Rio Grande do Sul