TOPO Header Ads

Se não te faz bem o que está te atraindo para notícias tristes?

Existe algo que nos leva a ouvir, ler, assistir e muitas vezes ficar horas e horas falando sobre notícias negativas. Nas oportunidades que tenho para assistir tele jornais, notei que em torno de uns 75% dos conteúdos geram negatividade em nós, poucos trazem uma mensagem de esperança e um sentimento de bem-estar.

O formato da maioria dos conteúdos noticiosos parece seguir um padrão, uma cartilha, algo do tipo. Já ouvi comentários culpando as mídias por isso, mas não vejo por este lado apenas. Há de se observar o que as pessoas estão consumindo, em se tratando de informações e hoje com certeza as tragédias despontam como líderes de audiência, isto porque há mais público interessado ou atraído por estes conteúdos, ou a maioria das mídias não focaria tanto no assunto.

É conhecida a expressão de que só se mantém no ar o que as pessoas aprovam com sua Audiência. Mas o que nos leva a ter esta atração pela negatividade?

O que está por traz deste desejo? Sem culpar a população nem as mídias por tudo isto.
Eu diria que esta vontade, mesmo que seja involuntária, venha de nosso próprio interior onde estão guardados certos sentimentos como a mágoa, o medo... pensamentos que nos levam à tristeza, entre outros que se fortalecem através de informações, notícias e comentários negativos.

Será que nós realmente gostamos de ver crimes horríveis, acidentes gravíssimos, ou é a ação do que está guardado em nosso interior?

Já me perguntei: Como posso gostar do negativo se não quero isto para mim? Mas é uma espécie de sombra que talvez todos nós tenhamos um pouquinho e provoca esta atração que muitas vezes só nos geram tristezas e dor por ver o sofrimento alheio.

Claro, há notícias que realmente interessam para uma comunidade, que trazem aprendizagem, porém há outras que não nos oferecem ferramentas para que possamos auxiliar alguém em dificuldades e acabam assombrando ainda mais nossos pensamentos.

Precisamos estar atentos ao nosso inconsciente, para sabermos escolher o que gostaríamos que nos acompanhasse durante a jornada de trabalho ou até mesmo de lazer. Se aprendermos desamarrar os sentimentos e pensamentos negativos  estaremos nos abrindo para uma escolha melhor ao nosso viver. 



Foto e edição: Caio Portela
Tecnologia do Blogger.