TOPO Header Ads

MAIS NOTÍCIAS DE JÚLIO DE CASTILHOS EM radiocidade1.com

21 junho, 2017

Que mundo é este, será que ele é apenas mais um?

Por Caio Portela
Dormir ao relento, enfrentar o preconceito, estar exposto a todo tipo de influências são alguns dos problemas no dia a dia de quem não teve a oportunidade de um lar, abandonado por uma sociedade que ao mesmo tempo que joga fora tem quem, de alguma maneira acolhe.

Este cão, ainda menino é mais um que dorme ao relento, com olhar e atitude de quem desesperadamente espera que alguém o leve para casa, mas também guardando o amor no coração pelos cuidados de uma senhora que o alimenta, dá água, amenizando suas dificuldades nas ruas de Júlio de Castilhos.

A desigualdade social coloca cães e seres humanos lado a lado, com os mesmos cenários, porém irracionais ou não os cães se criam moldados, assim como nós seres humanos, pelo berço que crescemos. 

Mas que berço é este onde a rua, uma árvore é tudo que temos, até que alguém mande nós sairmos???
Que sociedade é esta que a saúde e educação é dependente de sobras para serem mantidas, sobras de luxos sacados do suor de um povo que luta?
Que sociedade é esta, que assim como o cão, depende de mãos humanas, Ongs, associações que defendem os direitos humanos e poucos que não olham além do próprio umbigo e bolso?
Mas ainda há esperança, quando vimos alguém compartilhando o pouco que possui para alimentar seres da própria espécie ou não, a exemplo deste amiguinho que amanheceu nesta quarta-feira, 21 de junho, com uma temperatura de 1 grau, em baixo de uma árvore no Bairro Santa Isabel. 
Ainda há esperança, pois ainda vimos representantes do povo defendendo seu povo.

Atualização
Na data de 23/6/2017 A Senhora que cuida do animal de rua disse que o adotará .


Texto e foto: Por Caio Portela