TOPO Header Ads

ATENÇÃO: O MUNDO PRECISA SABER DE SUAS BOAS AÇÕES...NOS ENVIE PELO WHATSAPP 55 98134 2776

02 novembro, 2015

Polícia Civil recupera cabeças de gado em Santa Maria (Quadrilha também atuava Júlio de Castilhos)

A Polícia Civil de Formigueiro já identificou pelo menos oito integrantes de uma quadrilha de abigeatários que vem atuando na Região Central. Uma investigação sobre o furto de nove cabeças de gado de uma propriedade rural naquele município, no último dia 28, deu início à investigação, que culminou com um homem detido em flagrante e 34 animais recuperados no sábado, 31/10, em Santa Maria.

Segundo o delegado Antônio Firmino Neto, esse foi o começo de um caso que ainda terá muitos desdobramentos:

– Sabíamos que uma quadrilha que cometia furto de cabos e em cemitérios, havia migrado para o abigeato. Eles agiam com um Vectra de batedor e um caminhão adaptado para boiadeiro. Vimos os veículos em imagens de câmeras de vigilância. Fomos na casa do suspeito e identificamos os veículos. A partir dali, localizamos o campo onde mantinham o gado. Fomos ao local, com a vítima, que reconheceu quatro animais como sendo dele.

O homem que se disse proprietário rural é arrendatário de terras na Estrada Ângelo Berleze, no bairro Pé-de-Plátano. Ele foi detido em flagrante por receptação dolosa. Pagou fiança de R$ 10 mil e foi liberado.

A equipe que compõe a força-tarefa de combate ao abigeato foi acionada e fez levantamento no local. A polícia vai tentar identificar os donos dos outros animais, já que eles tinham marcas de vários proprietários.

Em depoimento, o suspeito falou que comprou os nove animais sem nota fiscal de um homem que moraria na Vila Maringá, pelo valor de R$ 8 mil. Ele disse ainda que tem mais 107 animais em campos de difícil acesso. Ele negou que o gado seja furtado.

O celular do suspeito foi apreendido e deve ter sigilo telefônico quebrado. O objetivo é descobrir para quem os animais seriam vendidos.

Conforme o delegado Firmino, além de Formigueiro, a quadrilha atuava em Júlio de Castilhos, São Pedro do Sul, Ivorá, Nova Palma, entre outras cidades da região. Trazia o gado para a área em Santa Maria.

A polícia investiga ainda a venda de carne clandestina proveniente do abigeato para mercadinhos (parte dos animais era abatida na propriedade) e o encaminhamento de parte desses animais para rodeios.

– Além do furto, queremos combater o consumo de carne imprópria para consumo. Vamos fazer uma varredura, um pente fino na região – declarou Firmino.




Fonte: Diário de Santa Maria
Foto: Divulgação