TOPO Header Ads

Menino de 11 anos é morto pelo pai no Norte do estado

Menino de 11 anos é morto pelo pai em cidade do Norte do RS, diz polícia
Após atingir criança com facada no pescoço, homem colocou fogo em casa.
Polícia diz que o pai foi encontrado morto após esfaquear o filho.

Um crime bárbaro chocou moradores de Sertão, cidade do Norte do Rio Grande do Sul, que tem pouco mais de seis mil habitantes. Segundo a Polícia Civil, um menino de 11 anos foi morto neste domingo (9) pelo próprio pai dentro de casa. Depois, o homem teria colocado fogo na residência. Mais tarde, ele foi encontrado morto no local.

Para a polícia, que ainda está no início da investigação, o crime pode ter relação com o fato de a mulher de José Pereira de Oliveira, de 46 anos, ter pedido a separação.

De acordo com a Polícia Civil, José Augusto de Oliveira dormiu com o pai na noite de sábado para domingo, em um dos quartos da casa. Por volta das 6h, ele apareceu no quarto em que a mãe dormia, e tinha um ferimento no pescoço, que sangrava bastante.
A mãe socorria o filho quando, segundo a polícia, o pai colocou fogo na casa. A mulher conseguiu sair com o menino. Mais tarde, o homem foi encontrado morto no local.

Conforme relatos de vizinhos, José trabalhava em outra cidade, por isso não estava sempre em casa. Eles também contaram que nunca presenciaram nenhuma briga do casal, mas que o homem não aceitava o pedido de separação.
Nenhuma denúncia contra o homem foi registrada pela mulher na polícia. Em estado de choque após o crime, ela está amparada na 
casa de uma vizinha.

Criança se preparava para primeira comunhão

O menino era conhecido na comunidade por ser uma criança tranquila. Estava ansioso para o compromisso importante que cumpriria ainda na manhã deste domingo: a primeira comunhão.
Uma professora de José Augusto, Magda Regina Antunes, afirma que o aluno era muito querido e calmo. "Ele era um menino tranquilo, meigo na escola, carinhoso com todos os professores e colegas. Toda a comunidade está bem triste, em estado de choque", disse.

As aulas na escola onde o menino cursava a quinta série do Ensino Fundamental foram canceladas na segunda-feira (9), em razão do crime.



Fonte: G1/RS
Tecnologia do Blogger.