TOPO Header Ads

Júlio de Castilhos - Animais silvestres chegam nas residências em busca de alimento

Não é de hoje que são registrados alguns fatos, mas a frequência com que está acontecendo em algumas residências no interior de Júlio de Castilhos, há de se preocupar sim sobre o porque de animais silvestres como graxains e outros estão procurando alimento em casas que antes não iam, principalmente por serem residências guarnecidas por cães, mesmo assim arriscam-se no intuito de levarem galinhas, pintos e cordeiros.

O Graxaim ou Sorro é tido como ladrão (pega ovelhas, galinhas, peixes dos pescadores) chega de mansinho, preferencialmente à noite, inclusive já foi inspiração para alguns compositores.

Em uma residência no interior do município há a suspeita que as visitas também aconteçam por jaguatiricas, conhecidas também como gato do mato, que têm hábitos noturnos (embora possa também caçar durante o dia) e vive nas matas, caça com habilidade tanto no solo como em cima de árvores. A jaguatirica tem unhas bem afiadas, que são constantemente afiadas em cascas de árvores. Sua alimentação é variada, sua dieta inclui aves, pequenos mamíferos entre outros.

A alguns anos atrás os campos e matas eram habitados por preás, lebres, aves, anfíbios, répteis, peixes, entre outros que notavelmente estão ficando cada vez mais raros na natureza e o desaparecimento de animais da cadeia alimentar pode ser uma das causas destes animais estarem, indo com mais frequência na busca de alimento em galinheiros, estábulos e galpões de algumas casas.

Outro registro curioso aconteceu na vizinha cidade de Tupanciretã, quando moradores publicaram nas redes sociais uma capivara transitando pelas ruas de um bairro do município.



Portal De Tudo Na Net
Foto: Ilustrativa de um Graxaim (Marcos Paiva)
Tecnologia do Blogger.