TOPO Header Ads

Estado - Decreto coletivo de emergência inclui 26 municípios gaúchos


O governador José Ivo Sartori assinou, na tarde desta terça-feira (13), um decreto coletivo de situação de emergência em razão dos danos causados pela chuva. Inicialmente, 26 municípios foram incluídos no documento (veja a lista abaixo).

Veja como ajudar as vítimas das enchentes no RS

Conforme o governador, o decreto vai ajudar na liberação de recursos federais.

"Nós vamos verificar tudo isso e estaremos prontos para ajudar as pessoas que precisam. Os levantamentos todos estão todos feitos", destacou Sartori. 

O decreto será publicado amanhã no Diário Oficial do Estado e, em um prazo de 24 horas, reconhecido pelo Ministério da Integração Nacional. O chefe da Casa Militar, tenente-coronel Éverton Oltramari, lembra que o primeiro passo é a ajuda humanitária.

"(Precisamos de) Kits de higiene e limpeza, cobertores, água potável, alimentos", afirma o oficial. 

Oltramari ressalta que, para liberação de recursos, os municípios terão dez dias para apresentarem o levantamento de danos.

"Vai ter quer confirmar realmente se teve prejuízos econômicos, conforme a lei exige. Se ele comprovar, ele se habilita a receber recursos estaduais e federais. Se ele não comprovar, não tem essa possibilidade", destaca.

Nº de pessoas prejudicadas com as cheias se aproxima de 50 mil

Dos 26 municípios incluídos no decreto assinado em julho, apenas dois conseguiram comprovar prejuízos e receberam verba federal: Alvorada e Esteio.

Técnicos da Defesa Civil estadual e do Ministério da Integração Nacional estão ajudando as prefeituras no levantamento dos prejuízos.

Veja os municípios incluídos no decreto:

Alegrete

Alvorada

Agudo

Candiota

Cachoeira do Sul

Caçapava do Sul

Cambará do Sul

Campestre da Serra

Dona Francisca

Eldorado do Sul

Itaara

Joia

Júlio de Castilhos

Manoel Viana

Mata

Miraguaí

Montenegro

Nova Esperança do Sul

Nova Palma

Rosário do Sul

Santa Maria

Santiago

São Jerônimo

São Sebastião do Caí

São Gabriel

Silveira Martins


Fonte: Rádio Gaúcha
Eduardo Matos/Rádio Gaúcha

Tecnologia do Blogger.