TOPO Header Ads

E se os animais aprendessem navegar nas redes sociais?

A vida é linda e os animais "irracionais" dão exemplos todos os dias de como o ser humano deveria viver, se não fosse a competitividade para sermos donos de mais e mais animais. 

Não generalizando, mas os exemplos, a valorização estão ficando, em alguns casos, colados na geladeira para não esquecer entre um corre-corre e outro. 

O tempo para os amigos, para a vida, para quele churrasco esporádico de final de semana, para o passeio em família, para namorar...isto e mais um pouco estão perdendo para as telas de computadores e celulares com acesso a redes sociais.

Está na hora de puxar o freio de mão e tomar cuidado para que as redes sociais não afastem as pessoas que estão próximas, e nem o consumismo que se apresenta acabe deixando a sociedade falida.  

Os animais não podem aprender a usar rede social para não perdermos inspiração de simplicidade, de paz e vida saudável.

Tem uma mensagem de Mario Quintana que diz o seguinte: A vida não é um jogo onde só quem testa seus limites é que leva o prêmio. Não sejamos vítimas ingênuas desta tal competitividade. Se a meta está alta demais, reduza-a. Se você não está de acordo com as regras, demita-se. Invente seu próprio jogo. Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade.

Texto para o editorial (Veja no MENU EDITORIAL) - O Título poderia ser outro...


Créditos: Portal De Tudo Na Net
Foto: Caio Portela
Tecnologia do Blogger.