TOPO Header Ads

Confusão e agressão marcaram manifestação pela redução de gastos da Câmara de Vereadores de Tupanciretã

Centenas de pessoas participaram da manifestação pela redução de gastos da Câmara de Vereadores de Tupanciretã. 

A Manifestação iniciou por volta das 18h30min (de segunda, 19) em um ponto de moto táxi na avenida Padre Roque Gonzales em direção ao centro da cidad ,onde se encontrou com a caminhada de pessoas em defesa da APAE. Depois se dirigiram até a frente da Câmara.

Foi negociado com a presidência da casa, o número de pessoas que ingressaram no plenário. Do lado de fora, ficaram centenas de manifestantes que acompanharam a transmissão da sessão pela Rádio Tupã.

Já no início da sessão, o presidente da casa, João Flores, anunciou a redução dos valores das diárias. 

Nos discursos, os vereadores defenderam a redução e conclamaram a população a participar mais dos trabalhos legislativos. 

No final, confusão, do lado de fora, parte dos manifestantes gritavam palavras de ordem. 

Na saída, os vereadores foram vaiados. Troca de empurrões foram registrados na saída da vereadora Caroline Lima Silveira e do vereador Luíz Valmor da Silva França, o Catite, em momentos distintos. O vice presidente da Associação dos Moradores dos bairro Marcial Terra, Adonir Machado, sofreu um ferimento de arma branca em uma das mãos, conforme informação da presidente, Regina Nunes. Segundo um dos organizadores, Jesus Silva, no início da Manifestação, participaram cerca de duas mil pessoas e no encerramento, seiscentas pessoas. 



Texto e foto: Rádio Tupã
Tecnologia do Blogger.